Origem do Crochê

Hoje vou falar para vocês um pouco mais sobre essa arte milenar, então vem comigo para saber mais. Eu, como tantas outras e outros artesãos por aí, conheci e aprendi o crochê com a minha avó materna, como muitas mulheres da sua época ela trabalhava em casa, cuidando dos filhos e fazendo vários tipos de artesanatos, como pintura de quadros, trico, bolos decorados entre outras coisas, logo faço um post só para compartilhar as habilidades da vovó porque eram muitasssss! Mas enfim, entre todas essas habilidades estava o crochê, que ela me ensinou a fazer desde muito nova com uns sete anos, na época fazia apenas o básico como bainhas de toalhas e panos de prato, mas tudo bem simples, nunca perguntei para minha Vó onde ela aprendeu a fazer, mas sei que as suas habilidades eram incríveis.


A principio sabe-se que o crochê era feito com os dedos e mais usada para redes de pescas, a partir disso como uma tradição de tempos antigos, foi passada de geração para geração dentro de uma família e provavelmente com origem no século XVI da forma que conhecemos hoje, sendo tecido através do uso de agulhas. Não se sabe exatamente onde surgiu, mas existem duas teorias, uma de que a origem é na China, e outra que teve origem na Arábia .

O que sabemos com certeza é que no século XIX francesa Riego de La Branchardière, desenhou padrões que poderiam ser copiados pelas pessoas e chegou a publicar por volta de 100 livros para difundir a técnica.

Houver um tempo em que a técnica era realizada por pessoas mais humildes, o que gerou desvalorização da mesma. Era vista como uma forma mais barata de criar as rendas e bilros, que eram extremamente caros e luxuosos. Até que a Rainha Vitória, da Inglaterra, passou a comprar as peças e aprendeu também a produzi-las, o que mudou a mentalidade das pessoas da época e colocou as peças em mais altos patamares na moda.

Já as agulhas encontradas em tempos antigos eram feitas de ossos ou de madeira, e com o tempo foram adquirindo maior diversidade de materiais como encontramos atualmente em diversos tipos e cores. As diferentes técnicas de trabalho foram se desenvolvendo ao longo do tempo, como crochê peruano, granny square (quadrado da vovó), amigurumis, entre outros.

Atualmente o crochê vem ganhando cada vez mais espaço, se popularizando entre todas as pessoas, para confecção de personagens, tapetes, roupas, bolsas, acessórios e muito mais.

Valorize o trabalho de um artesão esses pontinhos são feitos com muito amor por centenas de anos !!!


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo